Notícias Sucesso do TANZ garante nova edição para 2019 no Cine Teatro - 04/06/2018

Comemorando números que apontam para um grande resultado, a terceira edição do TANZ Festival de Dança, promovido pela Prefeitura de Parnamirim, foi encerrada neste domingo (03), no Cine Teatro Municipal Ver. Paulo Barbosa da Silva, no Parque Aluízio Alves, Cohabinal.

Ao todo, foram 711 inscritos para 441 coreografias executadas por 68 grupos em 5 dias de festival gratuito para o público em Parnamirim e munícipios da região metropolitana, com bailarinos dos estados do Rio Grande do Norte, Ceará, Paraíba, Pernambuco e Rio de Janeiro. O TANZ tem a direção geral de Domingos Costa, direção artística de Rosa Costa, direção administrativa e de marketing de Raíssa Costa e direção executiva de Dodora Costa.

"Apesar de ter sido realizado num contexto de paralisações à nível nacional e outros problemas que atrapalharam a logística de quem viajava até o festival, o TANZ promoveu um espetáculo de altíssimo nível e excelente participação de público", disse Domingos Costa, diretor geral do festival.

De acordo com Haroldo Gomes, presidente da Fundação Parnamirim de Cultura (FUNPAC), o sucesso do festival pede a necessidade de ampliar sua estrutura para a próxima edição, prevista para acontecer de 19 a 23 de junho de 2019, no Cine Teatro, novamente aberta ao público. 

Raíssa Costa, diretora de Marketing do TANZ, disse que aproximadamente mil pessoas estiveram envolvidas na organização do festival, o que dá uma dimensão da grandiosidade do evento. Todos os dias houve premiação em troféus para os três primeiros colocados e a premiação em dinheiro para a apresentação julgada como grande destaque do dia. 

O júri foi um show à parte, observando as performances dos bailarinos no palco do Cine Teatro com um rigor técnico que elevou a qualidade do festival. Dentre eles, os renomados profissionais de dança Sérgio Marshall, Carolina Cox e Pedro Pires.

"Se a apresentação é clássica, vale observar detalhes técnicos como o trabalho dos braços, do salto, linhas, estilos e se é contemporânea, a alma, o coração colocado na interpretação", diz o jurado de repertório, Pedro Pires .

 "O Tanz oportuniza valorizar a dança na região Nordeste, sendo uma oportunidade de autoanálise para os profissionais e de se mostrar ao mundo, no caso dos bailarinos que precisam sair dos estúdios na direção dos grandes festivais de dança", pontuou Pedro Pires, também jurado do Conselho Brasileiro de Dança (CBDD).

As bailarinas Evana Ferraz e Natália Freire, da Academia Jazz & Cia, levaram o prêmio máximo pela apresentação de dança contemporânea julgada a melhor da programação deste domingo (03), um cheque no valor de mil reais entregue pelo Presidente da FUNPAC, Haroldo Gomes. 

"Este prêmio está sendo conquistado com muita dedicação e garra, houve até substituição de uma outra integrante que participava dos ensaios e mesmo em meio a essas mudanças,  vencemos num festival que pra mim, não deixou nada a desejar de outros grandes festivais de dança do país", disse uma das grandes campeãs da noite, Evana Ferraz.

O TANZ encerrou sua programação neste domingo (03) deixando um marco na história da dança potiguar e envolvendo o público com forró pé-de-serra e quadrilha junina, prenunciando um Roteiro Junino que está chegando para manter aquecida a cena cultural em Parnamirim , que terá muitas outras atrações neste mês de junho.
 


Postado Por: Aldo Peixoto Junior
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+