Notícias

FUNPAC planeja novo espetáculo com apoio da comunidade

07/06/2018

O Ballet Municipal da Fundação Parnamirim de Cultura (FUNPAC) está mais uma vez fazendo parceria com a  comunidade para realizar um novo espetáculo especial de fim de ano. A iniciativa que deu certo o ano passado se renova neste ano, por meio de uma campanha de arrecadação de tampinhas metálicas de garrafa, para a construção de um painel do espetáculo "Dom Quixote em Parnamoscou", previsto para ser realizado em dezembro.

"Faremos um grande mosaico de tampinhas metálicas que serão revestidas por tecidos para o palco do Cine Teatro, com temática voltada para Dom Quixote, com apoio dos pais das alunas matriculadas no ballet e dos alunos da rede municipal de ensino  público", diz Luís Carlos, pesquisador cultural da FUNPAC.

Qualquer cidadão pode colaborar com esta campanha, promovendo a arrecadação de tampinhas metálicas e entregando na recepção do Cine Teatro Municipal. Além de ajudar no espetáculo, quem juntar suas tampinhas metálicas contribui para a formação de uma consciência social sobre a reciclagem, que também é uma das propostas desta iniciativa da FUNPAC.

A Escola Municipal Arthur da Costa e Silva foi a primeira a aderir à campanha de arrecadação de tampinhas metálicas. "Esse é um trabalho que envolve o poder público e a comunidade em nome da Educação e da Cultura em nosso munícipio, por isso estamos convocando pais e alunos a darem sua contribuição", disse a gestora da Escola Costa e Silva, Íris Karine.

Mariana Alves, 9 anos, é aluna do 4º Ano na Escola Costa e Silva, participa do Ballet Municipal desde 2014 e está aprendendo a tocar flauta doce nas aulas de música da FUNPAC, com o Maestro Almeida. Ela está empolgada com a campanha de arrecadação de tampinhas metálicas para o mosaico do espetáculo "Dom Quixote em Parnamoscou".

"É muito bom ver as famílias juntas ajudando a fazer um grande espetáculo. Todos podem fazer o mesmo. Vamos todos juntar muitas tampinhas metálicas", disse a bailarina Mariana, mostrando as primeiras tampinhas arrecadadas com a iniciativa. 

Para juntar as tampinhas metálicas para a construção do mosaico, o Ballet Municipal conta com o apoio dos pais das alunas matriculadas no Ballet Municipal e de quem mais puder ajudar. 

De acordo com o pesquisador cultural Luís Carlos, no espetáculo de encerramento do Ballet Municipal realizado no ano passado, quando os pais das bailarinas viram o resultado do tapete cênico gigante que foi construído por eles mesmos, ficaram impressionados e felizes.

Para aquela ocasião, mais de cem pais de bailarinas ajudaram de forma voluntária a construir aquele que foi o principal elemento cênico do espetáculo, composto por 7 mil quadrados de papelão, revestidos por retalhos e colados numa estrutura de 12 metros de largura por 7 de altura.

Alice Peixoto é mãe de Lissa Boulanger, 06 anos, que neste ano, está participando pela primeira vez do Ballet Municipal. "Será uma alegria participar desta campanha que certamente  vai resultar num lindo espetáculo como os que a Fundação de Cultura costuma fazer. Vamos pedir a ajuda de nossos amigos e familiares para juntar bastante tampinhas metálicas e ajudar com essa mobilização social em prol da nossa cultura", encerrou a mãe da bailarina Lissa, já sonhando com o cenário de "Dom Quixote em Parnamoscou", espetáculo que encerrará as atividades do Ballet Municipal de 2018, no próximo mês de dezembro.
 


Postado Por: Aldo Peixoto Junior
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+