Notícias Funpac realiza 2ª edição do projeto Cena Musical dia 14 de julho - 04/07/2018

A Fundação Parnamirim de Cultura (Funpac) realiza no dia 14 de julho a segunda edição do Projeto Cena Musical. Desta vez subirão ao palco do Cine Teatro Municipal Vereador Paulo Barbosa da Silva, na Cohabinal, o cantor e compositor Ismael Dumangue e as bandas Cabruêra e Os Fulano, da Paraíba.
 
A programação será aberta com a apresentação de Ismael Dumangue, um dos grandes compositores do cenário musical de Parnamirim. Em seguida será a vez das bandas Cbruêra e Fulano, que vão apresentar uma homenagem à Jackson do Pandeiro, com o show “Jackson Racional e os Afrobatques”. 

"O Projeto Cena Musical propõe oferecer o melhor da música popular brasileira, nos mais variados estilos. Sempre duas apresentações, uma local e outra de um arttista de outra cidade, na intenção, também, de produzir intercâmbios e diálogos", disse o Presidente da FUNPAC, Haroldo Gomes.

Os ingressos estão sendo vendidos de forma online aqui.Na semana do evento na bilheteria do teatro. Professores da rede municipal de ensino terão entrada gratuita.

Saiba mais sobre as atrações do projeto Cena Musical:

Banda Cabuêra: Cabruêra é um grupo musical brasileiro, formado na Paraíba em 1998, e cuja principal característica é misturar influências do cancioneiro popular nordestino com diversas tendências musicais. O grupo está há 20 anos na estrada tocando para plateias dos mais diferentes idiomas, com passagens por importantes festivais no Brasil e na Europa.

O primeiro CD foi gravado em 2000 e relançado em 2001 pela Nikita Music. Ainda em 2001, o grupo fez sua primeira excursão à Europa recebeu o Kikito de "Melhor trilha sonora" no Festival de Gramado, pelo curta-metragem "A Canga", de Marcus Vilar. No final daquele ano os integrantes do grupo se mudaram para o Rio de Janeiro.

Os Fulano: O grupo “Os Fulano” teve início na cidade de Santa Rita - PB, em 2009. Criados e encantados pela cultura popular nordestina, ao espetáculo da sanfona, zabumba e triângulo, os irmãos Lucas Dan, Lavínia Maria e Thiago Melo decidem levar o forró e as brincadeiras do terreiro de festa da casa do avô ao palco da vida. Na história construída com forrobodó, ciranda e côco, enfeitados com as cores dos folguedos populares, o grupo encontra elementos de verdade e essência. 

 

 

 

 

 

 


Postado Por: Saulo Tarso de Castro
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+