Notícias Educação recebe selo de qualidade em encontro nacional da UNESCO - 13/09/2018

Representantes de 12 escolas públicas municipais de Parnamirim, acompanhados pela Secretária Municipal de Educação e Cultura, Ana Lúcia Maciel, estão recebendo 12 selos de certificação de qualidade na educação pelo Programa Escolas Associadas (PEA) da  Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), em encontro nacional que acontece de 12 a 14 deste mês, em Salvador (BA).

"Mais uma vez, a conquista do Selo UNESCO comprova a excelência de todos que fazem a educação em Parnamirim. Nossa gestão tem se esforçado na construção de uma cultura de paz e na formação dos valores de cidadania nas escolas ", disse o Prefeito Rosano Taveira.

Parnamirim possui 12 escolas públicas entre as 23 escolas públicas e privadas  do Rio Grande do Norte que receberam o selo PEA/UNESCO 2018. Além disso, o município foi o primeiro do estado a conquistar no ano passado, por meio de uma escola pública, o Centro Infantil Jaci Ferreira de Castro, em Moita Verde, este selo de qualidade, passando a integrar a segunda maior rede de escolas associadas do mundo.

"Esse momento ímpar celebra o sucesso da aprendizagem em nossas escolas, com nossos professores e coordenadores, profissionais de excelência recebendo o certificado da Rede PEA/UNESCO em Salvador", disse a Secretária Municipal de Educação, Ana Lúcia Maciel.

Ao todo, 13 instituições municipais de ensino público em Parnamirim conquistaram o SELO PEA/UNESCO 2017, sendo que 12 estão recebendo pela primeira vez no encontro nacional que está acontecendo em Salvador (BA).

O Selo é conferido pelo Programa das Escolas Associadas (PEA), da UNESCO, e se refere aos projetos inscritos nas edições 2017 e 2018 da rede, celebrando uma cooperação internacional por uma educação de qualidade para todos. 

 

PARNAMIRIM É REFERÊNCIA PARA A UNESCO

"Uma coisa é certa, o município de Parnamirim fez o diferencial quando acreditou neste tipo de trabalho e na importância da rede PEA/UNESCO dentro da educação do RN, então será, sim, um município de referência para nós, na questão da rede pública, inclusive porque neste critério, foi o primeiro a obter o Selo", disse Flávia Nóbrega, responsável pelo desenvolvimento do trabalho na coordenação do PEA-RN.  

 
PRÊMIO TEM ABRANGÊNCIA INTERNACIONAL

De acordo com a UNESCO, uma escola PEA deve procurar meios inovadores e criativos para tornar o currículo e a aprendizagem escolar mais dinâmica e próxima da realidade dos alunos. 
O PEA tem como meta fundamental encorajar as escolas associadas a oferecer um tipo de educação de qualidade que promova inclusão e justiça social e eduque cidadãos responsáveis e conscientes de seu papel tanto na comunidade local como global. 

Os 12 projetos inscritos por escolas públicas de Parnamirim e o outro, que manteve o Selo PEA/UNESCO para um centro infantil, destacaram o potencial do município, alinhados ao Ano Internacional do Turismo Sustentável, tema trabalhado pela UNESCO em 2017, além de outros, como o decênio da cultura afrodescendente, patrimônio histórico etc.

 

 LISTA DAS INSTITUIÇÕES DE ENSINO PREMIADAS COM O SELO PEA/UNESCO

Além do CMEI Jaci de Castro, que manteve sua conquista, oito foram premiados nesta última edição do Selo PEA/Unesco (2017/2018): CMEI Tio Hermes, em Nova Esperança; CMEI Profa. Judith Aguiar, em Bela Parnamirim; CMEI Maria Dilma Lacerda de Lima, em Vale do Sol; CMEI Maria Leonor Freitas, em Monte Castelo; CMEI Eugênia Palhares, em Santos Reis; CMEI Mãe Sinhá em Bela Parnamirim; CMEI Lúcia Maria dos Santos, em Nova Parnamirim;  CMEI Maria do Socorro de Araújo Menezes, em Passagem de Areia.

As quatro escolas públicas que receberam a certificação PEA/UNESCO foram: Escola Municipal Francisca Canindé Avelino Batista, no bairro Parque de Exposições; Escola Municipal Brigadeiro Eduardo Gomes, em Nova Parnamirim; e a Escola Municipal Nossa Senhora da Guia e a Escola Municipal Maura de Morais, em Emaús.

Além das 12 escolas públicas de Parnamirim, recebem o Selo PEA/UNESCO no RN por projetos inscritos em 2017 e 2018, 4 escolas de ensino privado, sendo 3 de Natal e uma de Parnamirim; 4 da rede estadual; uma da rede pública municipal de Mossoró; uma do município de Santa Cruz; e uma  pertencente a uma ONG no bairro de Mãe Luiza, em Natal.


Postado Por: Aldo Peixoto Junior
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+