Notícias SESAD abre Campanha Dezembro Vermelho em Parnamirim - 02/12/2019

A Prefeitura Municipal de Parnamirim, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SESAD) e do Serviço de Assistência Especialida (SAE) à pessoa portadora do vírus HIV, promove hoje (2) no Auditório do Centro Administrativo de Parnamirim a abertura do Dezembro Vermelho, em alusão ao Dia Mundial de Luta contra a AIDS.

Segundo o Ministério da Saúde, existem hoje no Brasil 900.000 pessoas portadoras do HIV, 135.000 convivem com o vírus sem saber e há cerca 40.000 novas infecções, principalmente entre homens na faixa etária dos 25 aos 30 anos. "Por isso  o teste é de fundamental importância, assim como o uso de preservativos, pois temos uma epidemia estabelecida, portanto há uma série de grandes desafios pela frente", disse a diretora do SAE e coordenadora do programa de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/Aids), Izabel Alves.

A Prefeitura de Parnamirim dispõe do serviço de assistência especializada aos portadores de HIV no Centro de Referência em Infectologia que atende com discrição e ética 800 pacientes cadastrados,  disponibilizando toda uma assistência integrada para melhorar a qualidade de vida dos usuários com uma abordagem multidisciplinar.

A infectologista, Drª Maria Salineide Mafaldo, alertou para a importância da medida Profilaxia Pós-Exposição (PEP) de mulheres e meninas vítimas de violência sexual. Medidas essas que consiste no uso de medicamentos antirretrovirais para reduzir o risco de infecção em situações de exposição às doenças sexualmente transmissíveis. "Trata-se de uma urgência médica, que deve ser iniciada o mais rápido possível, preferencialmente nas primeiras duas horas após a exposição e no máximo em até 72 horas. A duração da PEP é de 28 dias com acompanhamento da equipe de saúde, serviço este disponível no Centro de Infectologia. Nos casos pessoas do sexo masculino vítimas de violência sexual são encaminhados para a UPA", disse a infectologista Gleide Maria.

O mês de combate a AIDS teve caminhada e mobilização no caminhódromo da Cohabinal com distribuição de preservativos, teste rápido de HIV/AIDS, SÍífilis, Hepatite B e Hepatite C.

Texto: Leonardo Lopes


Postado Por: Juliana Grace Nbrega
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+