Notícias Centro de Controle de Zoonoses segue atendendo solicitações em toda a cidade - 18/06/2020

Com a aproximação do período de chuvas, a alta umidade, aumento da vegetação, acúmulo de lixo e formação de lama, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Parnamirim tem atendido forma regular às solicitações nos bairros do município, devido à preocupação dos agentes e população com o surgimento do caramujo africano, causador de doenças transmissíveis aos seres humanos. 

A coleta dos caramujos tem sido realizada frequentemente por agentes preparados para o procedimento, que fazem o recolhimento usando materiais adequados como luvas e sacos plásticos resistentes. A eliminação dos caramujos é realizada com sal, sendo enterrados em local apropriado logo em seguida.  

O caramujo africano é causador de vermes e uma das mais conhecidas é a Angiostrongylus cantonensis, agente etiológico da meningoencefalite eosinofílica, doença que provoca a inflamação das meninges – membranas que recobrem o cérebro – e pode ser confundida com a meningite por ter sintomas bem parecidos. A contaminação se dá através da ingestão de frutas, verduras e hortaliças cruas sem a higienização correta.  

Além da preocupação e esforços de todas as pastas do município no combate ao novo Coronavírus (Covid-19), o trabalho de enfrentamento à proliferação de outras doenças é contínuo, que é o caso das arboviroses causadas pelo mosquito Aedes Aegypti e outros insetos, e também das doenças causadas por protozoários, fungos e bactérias, como a doença de chagas, amebíase, leishmaniose, esporotricose, entre outras. O trabalho de limpeza das ruas, terrenos, coleta domiciliar, dentre outros, tem sido realizado regularmente, porém, é importante que a população se atente aos cuidados que continuam valendo, ainda mais neste período. 

A população deve evitar o contato com poças de água contaminada e jogar fora alimentos e objetos que tiveram contato com a contaminação; manter sempre limpo seu quintal ou terreno, impedindo o acúmulo de lixo, vegetação e água parada; lavar bem os alimentos que serão consumidos e não entrar em contato com caramujos, pois os agentes estão disponíveis para realizar a coleta de forma adequada.  

Para realizar solicitações ou sanar dúvidas, a população deve entrar em contato com o Centro de Zoonoses através dos telefones: 3644-8186 ou 9 8701-2328. 

Texto: Cinthia Oliveira  


Postado Por: JOEL DA COSTA CAMARA NETO
Fotografia de: ASCOM - Cedidas por Josivan Gomes

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+