Notícias Hospital de Campanha completa um ms de funcionamento - 01/07/2020

O Hospital de Campanha de Parnamirim completa, nesta quarta-feira (1), um mês de funcionamento. A unidade, uma das ações adotadas pela Prefeitura, no enfrentamento ao novo Coronavírus, causador da Covid-19, vem prestando toda a assistência à população, com 44 leitos para a internação de pacientes testados positivos, com sintomas leves.
 
De acordo com boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesad), a unidade já registrou 53 altas, de um total de 82 pacientes internados desde que foi aberta. Ainda segundo o boletim, 23 leitos seguem ocupados atualmente.

De acordo com o prefeito Rosano Taveira, todos os esforços foram realizados pela administração, para a implantação da unidade de saúde, de extrema importância para a cidade durante e após a pandemia.  “A crise é mundial, países de primeiro mundo sofreram bastante. Estamos nos esforçando para levar uma saúde de qualidade ao parnamirinense. O Hospital de Campanha é muito importante na batalha contra a Covid-19. Lembro que todos os equipamentos adquiridos continuarão na cidade quando a pandemia passar. Agradeço a todos os profissionais envolvidos nesta batalha. A união de todos é fundamental para superarmos esta situação”, disse. 

Jacyara Rangel, secretária adjunta de saúde do município, explica que Parnamirim vem se empenhando arduamente para manter a situação sob controle desde o início da pandemia, declarada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em março deste ano.
 
“Parnamirim agiu de forma antecipara em relação aos outros municípios do RN, sendo o primeiro a se organizar. Apesar de todas as dificuldades enfrentadas, o município vem se mostrando muito a frente, realizando o que é necessário para adequar toda a sua rede de saúde, tornando-a preparada para essa guerra contra este agente biológico que está causando tanto mal a centenas de milhares de pessoas em todo o planeta”, disse a secretária.
 
Ainda segundo com Jacyara Rangel, o Hospital de Campanha de Parnamirim vem fazendo a diferença, evitando que grande parte dos pacientes evolua para o estado mais grave da doença. A secretária destaca ainda a ampliação da rede de saúde municipal, com a abertura de 31 novos leitos no Hospital de Pequeno Porte Marcio Marinho em Pirangi e a readequação da Unidade de Saúde Suzete Cavalcante, em Nova Parnamirim, que passou a contar com um proto atendimento. 
 
“Hoje Parnamirim tem a menor taxa de mortalidade (29/100mil/hab), enquanto outros municípios do estado, por exemplo, encontram-se acima disso. Isso tudo, graças ao bom empenho e gerenciamento das gestões a frente da Saúde, mostrando que mesmo em meio a tantas dificuldades, com empenho e dedicação podemos muito mais”, frisou.
 
A secretária adjunta adianta que em breve, serão inaugurados 20 leitos de UTI no Hospital Maternidade Divino Amor. Os equipamentos, disponibilizados com recursos próprios do município, serão mais uma ação efetiva da Prefeitura no combate à Covid-19. 

 


Postado Por: Saulo Tarso de Castro
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+