Notícias Fiscalização Covid-19: Equipes atuam em diversos bairros de Parnamirim - 06/07/2020

Na atual conjuntura de pandemia em que todo o país se encontra, não é segredo que é de vital importância a adoção de medidas excepcionais de conduta de pessoas, funcionamento do comércio e, por fim, fiscalização efetiva dos decretos estaduais e municipais. Com base nesse entendimento, equipes da Polícia Militar, Guarda Municipal, Corpo de Bombeiros Militar e fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano realizam diariamente o trabalho de averiguação de cumprimento de tais medidas. 

A tarde desta segunda-feira (6) não poderia ser diferente. O pelotão percorreu as principais avenidas da cidade, no sentido de fiscalizar o funcionamento dos comércios. Com as mudanças nos decretos, fruto das atualizações e reavaliações que são feitas constantemente, muitos cidadãos e empreendedores ainda não sabem bem como proceder ou até que horário permanecer com as portas dos estabelecimentos abertas. Nesse sentido, a equipe também atua na conscientização de todos, assim como na explicação do que pode funcionar e as categorias que devem encerrar o atendimento às 13h. 

Muitos moradores e pedestres aprovaram a ação. Surpresa com a abordagem em uma loja próximo de onde passava, Dona Fátima disse aprovar a iniciativa. “Acho muito importante esse trabalho. As pessoas cobram muita coisa, mas na hora de cumprir as normas, como o fechamento do comércio, não querem. Por isso esse trabalho é tão necessário”, comentou. 

O Guarda Municipal Oberdan Nascimento participou da fiscalização desta segunda-feira. Para ele, a população está cada vez mais consciente da necessidade de obedecer aos decretos que restringem o funcionamento de algumas atividades. “Notamos isso diante do número bem menor de estabelecimentos em que precisamos intervir. Alguns poucos ainda teimam em não obedecer, mas não há resistência com as abordagens”, pontuou o agente. 

A operação compreendeu, entre outros locais, os bairros do Centro, Nova Parnamirim, Coophab e Cajupiranga. O trabalho de fiscalização acontece diariamente. O descumprimento das medidas implica em Crime de Desobediência e Crime contra a Saúde Pública, previstos, respectivamente, nos artigos 330 e 268 do Código Penal. Tais condutas podem e devem ser denunciadas através do 156, 190 e 3272-1124. 


Postado Por: JOEL DA COSTA CAMARA NETO
Fotografia de: ASCOM - Joel Câmara

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+