Notícias Projeto Parnamirim Mais Segura avança com novas ações de monitoramento - 29/07/2020

A Prefeitura de Parnamirim, através do Grupo de Ciência, Tecnologia da Informação e Inovação (GCTI) e da Secretaria de Mobilidade Urbana (Sesdem) segue implementando ações de expansão do projeto Parnamirim Mais Segura. O projeto tem como objetivo melhorar a segurança do município através de câmeras de monitoramento com sistemas inteligentes que, também, contribui com ações em segurança do trânsito e mobilidade no município.

Nesta semana as ações avançaram para mais uma etapa com o início da instalação do primeiro portal com capacidade para leitura de placas de veículos em tempo real. A iniciativa, que conta com a parceria da Polícia Rodoviária Federal (PRF) será estendida para toda a cidade, contemplando vários bairros. 

No total, serão instalados 14 equipamentos, distribuídos entre os bairros do Centro, Cohabinal, Santos Reis, Monte Castelo, Vida Nova, Rosa dos Ventos, Santa Tereza, Nova Esperança, Estrada de Cajupiranga, Liberdade e Nova Parnamirim.

De acordo com o secretário adjunto Dario Medeiros, responsável pelo desenvolvimento dos equipamentos que estão sendo instalados, a tecnologia desenvolvida no próprio GCTI vai baratear os custos do equipamento. “Aqueles que funcionam na BR, por exemplo, custam em média de R$ 15 mil, já o nosso sairá por R$ 6 mil”, destacou.
 
Dario explica que, depois de instalados, os equipamentos serão capazes de capturar as imagens das placas dos veículos, e em tempo real, enviá-las para o Centro de Operações Integradas de Parnamirim (COI). Depois disso, através de um sistema de cruzamento de dados, será possível informar aos operadores, possíveis irregularidades registradas.

“Após a instalação, o portal vai passar pela fase experimental, onde será avaliado o seu funcionamento de acordo com padrões estabelecidos e, de acordo com a necessidade serão realizados os ajustes necessários. A previsão é que até o fim do ano, dez portais sejam instalados em locais estratégicos do município. Também, haverá o treinamento para a equipe operacional e de suporte do COI já no início de agosto”, esclareceu Dario Medeiros.

Mais segurança

Além do portal para o monitoramento de veículos, outra novidade será a instalação de câmeras com tecnologia capaz de fazer leitura facial. As câmeras serão instaladas em pontos estratégicos da cidade, com grande movimentação de pessoas. 

O GCTI está finalizando ainda a ampliação da rede Giga Parnamirim, toda em fibra ótica, expandindo para os bairros de Rosa Ventos, Vale do Sol, Santa Tereza e Nova Esperança, conectando 12 unidades administrativas da prefeitura, incluindo a sede do 3º batalhão da PM e mais 15 pontos de monitoramento eletrônico.

Em seguida, outro trecho também será contemplado, incluindo os bairros de Liberdade, Primavera e Planalto, ligando 16 unidades administrativas e 12 pontos de monitoramento, totalizando 30 quilômetros de rede instalada. 

“Um importante trabalho que fizemos também foi a conexão, via rede, entre todas as nossas unidades de saúde neste período da pandemia do novo Coronavírus, incluindo todas as UBS, o Hospital Marcio Marinho, UPA de Nova Esperança e o Hospital de Campanha”, explicou.

O secretário destaca ainda a instalação de câmeras de monitoramento nos prédios públicos do município e também nas unidades de saúde. “Temos 280 câmeras já adquiridas sendo instaladas e outras 140 já foram colocadas, totalizando 420 câmeras nos principais pontos da cidade”, acrescentou.


Postado Por: Saulo Tarso de Castro
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+