Notícias Funpac prepara festividades de fim de ano com apresentações de artistas locais - 24/11/2020

A Fundação Parnamirim de Cultura (FUNPAC), está preparando uma programação toda especial para comemorar o aniversário do município e as festividades natalinas, na cidade Trampolim da Vitória. Com o intuito de valorizar os artistas da terra, as apresentações culturais serão realizadas por músicos, atores, bailarinos e profissionais da parte técnica e bastidores. 

Apesar de ainda não estarem definidos o local e data dos eventos, já está confirmada a apresentação da Banda Trampolim da Vitória em comemoração à Emancipação Política de Parnamirim. O concerto este ano contará com a participação especial da aluna da Escola de Música, Leiza Dias, que lançará uma canção de sua autoria. 

Outro evento que fará parte da programação artística de fim de ano é o Festival Multicultural Online. Denominado como “Tô de Boa, Tô na Rede”, o espetáculo contará com um vasto repertório de apresentações que pretende premiar artistas de dança, música e teatro.  

Na categoria música, o trabalho precisa ser autoral, com até três composições próprias, em parceria com outras pessoas ou, ainda, autorizadas pelo autor. Nas artes cênicas, os concorrentes poderão propor uma apresentação em vídeo, observando o tempo de 5 a 8 minutos para cena teatral ou número circense. Já as cenas de dança devem ter de 3 a 5 minutos.  

Mais uma das atrações culturais programada pela Funpac, é a produção de cinco apresentações de uma orquestra selecionada através de edital, publicado no Diário Oficial do Município (DOM). Tanto o Festival Multicultural, quanto a orquestra, acontecerão com recursos da Lei Aldir Blanc e visam premiar iniciativas artísticas e culturais da cidade de Parnamirim, que serão apoiadas com recursos emergenciais da Lei Federal de Emergência Cultural Aldir Blanc nº 14.017/2020.  

Haroldo Gomes, presidente da Funpac, comentou sobre a importância dos eventos, principalmente diante das dificuldades enfrentadas pelos artistas durante a pandemia. “Ambas iniciativas foram constituídas a partir de recursos da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, na forma de contrapartida dos artistas pela premiação recebida nos respectivos editais. Visam também fomentar produções culturais e artísticas, que possibilitem o acesso e fruição da arte e da cultura pela sociedade parnamirinense, movimentando a economia, gerando trabalho e renda nesses tempos de pandemia da Covid-19”. 

 

Texto: Ricardo Oliveira 


Postado Por: JOEL DA COSTA CAMARA NETO
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+