Notícias SESAD realiza drive thru em combate à poliomielite, doença conhecida como paralisia infantil - 27/11/2020

A poliomielite, também conhecida como paralisia infantil, é uma doença grave, pois pode ocasionar a paralisia irreversível, principalmente das pernas. O número de casos de poliomielite vem diminuindo nos últimos anos, principalmente em decorrência das inúmeras ações de prevenção coordenadas pelo Ministério da Saúde, mas ainda é preciso prevenir. Por isso, a Prefeitura de Parnamirim realizou, na manhã de hoje (27), uma ação em formato drive thru, no Caminhódromo da Cohabinal, entre as 8h e 12h, com a finalidade de atingir a meta prevista, qual seja, de imunizar cerca de 95% das crianças de 1 a 4 anos do município.  

A campanha de vacinação teve início no dia 5 de outubro e se encerraria, inicialmente, no dia 13. Porém, a procura não correspondeu à expectativa, tendo em vista o receio de muitos pais em procurar as unidades de saúde em virtude da COVID-19. Desse modo, o prazo da campanha foi prorrogado até o dia 30 deste mês. Até o momento, foram vacinadas cerca de 10 mil crianças. De acordo com os dados da SESAD, a intenção é imunizar aproximadamente 15 mil.  

A Secretária de Saúde, Terezinha Rêgo, informou que amanhã, sábado (28), será o Dia “D”. Os profissionais de saúde do município estarão dispostos em 27 UBS, das 8h ao meio dia para realizar a vacinação de poliomielite. Além disso, 20 postos volantes funcionarão em farmácias, padarias, supermercados e praças da região. A titular da pasta reforçou a importância da vacinação e disse que a prefeitura criou inúmeras opções, para que os pais não deixem de levar seus filhos para vacinar. “É rápido, seguro e não dói. Com apenas duas gotinhas seu filho estará livre da pólio”, disse.  

Os pais que compareceram na manhã de hoje elogiaram a iniciativa. Para deixar o ambiente mais animado e feliz, os profissionais envolvidos na ação usaram adereços. A tenda estava toda ornamentada com balões coloridos, o que tornou o espaço mais leve e descontraído para recepcionar os pequenos.     

Terezinha também ressaltou a importância de levar a caderneta de vacinação. “A atualização e a manutenção da caderneta de vacinação são de extrema importância no controle vacinal. Ela será utilizada e requisitada durante toda a vida, inclusive na fase adulta”, finalizou.  

Texto e fotos: Andrezza Barros 


Postado Por: JOEL DA COSTA CAMARA NETO
Fotografia de: ASCOM - Andrezza Barros

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+