Notícias Saneamento: obra continua e servišos avanšam em todos os bairros - 27/11/2020

As obras de saneamento básico continuam a todo vapor em Parnamirim. Concentrados atualmente nos bairros de Nova Parnamirim, Emaús, Passagem de Areia e Monte Castelo, os serviços já ultrapassaram a marca dos 400 km de rede coletora de esgoto instalada.

De acordo com dados divulgados pela Secretaria Municipal de Obras Públicas (Semop) pelo menos seis bairros já estão com os serviços praticamente concluídos. São eles: Boa Esperança, com 94% de conclusão; Cohabinal, com 99%; Jardim Planalto, com 99%; NP. Resid. Pitimbu, com 93%; NP. Resid Jardim do Sul, com 92% e Vale do Sol, com 99%.

Os demais bairros mo município também estão com os trabalhos bem adiantados. A maioria deles já conta com mais de 70% dos serviços concluídos, com as máquinas em atividade diariamente.

Aproximadamente 600 funcionários estão envolvidos na obra que instalará mais de 540 quilômetros de rede coletora de esgoto, em Parnamirim. “É satisfatório ver o saneamento avançando, além dos benefícios para a saúde e qualidade de vida da cidade. 80% dos profissionais envolvidos nos serviços são moradores de Parnamirim. Um serviço que está gerando renda para vários pais de família parnamirinenses”, comentou o Secretário João Albérico Júnior. 

Estação de Tratamento

Paralelamente aos serviços de instalação da rede coletora, a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), que está sendo construída no bairro de Passagem de Areia também está com a obra em franco desenvolvimento. 

Também segundo dados de relatório divulgado pela Semop, mais de 90% dos trabalhos já foram concluídos. Atualmente a obra se encontra na etapa de finalização física de sua estrutura. Após essa etapa, os passos seguintes serão a instalação e montagem de equipamentos.

O projeto da ETE Passagem de Areia prevê a construção de quatro tanques de aeração, mas inicialmente estão sendo construídos dois com capacidade de 9 milhões e 408 mil litros. De acordo com a empresa responsável pela obra, a ETE contará ainda com dois decantadores e um sistema de declividade, que permite o funcionamento por gravidade.

Outro sistema a ser implantado e que chama atenção é o de lâmpadas UV que possibilitam a desinfecção do esgoto antes dele ser devolvido aos mananciais. Com isso, o esgoto sairá com uma eficiência de 98% de pureza. 


Postado Por: Saulo Tarso de Castro
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+