Notícias UBS de Nova Esperança promoverá Pit Stop Dezembro Vermelho na segunda-feira (21) - 16/12/2020

A Unidade Básica de Saúde Marcondes Bezerra, de Nova Esperança, vai realizar na próxima segunda-feira (21) uma ação alusiva em combate à AIDS. De forma dinâmica, o ‘Pit Stop Dezembro Vermelho’ terá início às 8h e contará com uma série de serviços ofertados para a população.

Para a enfermeira Lucirlândia Gomes, o formato da ação tem o objetivo de chamar a atenção das pessoas que passam em frente da UBS. “O Pit Stop será algo prático para alertar a população de uma forma dinâmica e alegre. Nossa intenção é fazer com que as pessoas possam dar uma parada para levarmos informações sobre a AIDS e os serviços que serão ofertados no dia”, disse a profissional de saúde.

A ação vai contar com testes rápidos de HIV e sífilis, atividades educativas, distribuição de panfletos informativos, preservativos e lubrificantes. Uma sala da unidade também estará disponível para a realização de atendimentos mais aprofundados. Diante do cenário de pandemia, a UBS cumprirá todas as medidas sanitárias de segurança para evitar aglomeração e uma possível proliferação do coronavírus.

Programado para começar às 8h, o Pit Stop Dezembro Vermelho deverá acontecer durante toda a manhã da segunda (20). A ação tem sido divulgada pelos agentes de saúde durantes as visitas domiciliares e também aos usuários da UBS. Lucirlândia Gomes comentou sobre a expectativa e importância do evento:

“A expectativa é que a gente consiga alertar e chamar atenção das pessoas que passem pela região. Que a população possa aproveitar deste momento com a gente e desfrutar dos serviços ofertados, na questão educativa e testes rápidos. Queremos informar da melhor maneira possível sobre a AIDS, formas de tratamento, prevenção e lugares na cidade que têm as portas abertas para as pessoas acometidas com tal doença. Pessoas podem estar com o HIV de forma assintomática, mas apenas com os testes podemos identificar esse paciente, e com isso, a gente consegue encaminhar para realizar os devidos tratamentos”, relatou a enfermeira.
 

Texto: Ricardo Oliveira


Postado Por: Yara Okubo
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+