Notícias Em dois dias, prefeitura vacina 1.753 profissionais da sa˙de em postos extras - 29/01/2021

Em apenas dois dias, a Prefeitura de Parnamirim, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad), alcançou a marca de 1.753 profissionais da saúde vacinados contra a Covid-19, nos três novos postos de vacinação distribuídos pela cidade. Na Uninassau da Cohabinal, 898 profissionais foram vacinados, na Lampadinha da BR-101, o total foi de 366 e no Nordestão da Avenida Maria Lacerda, 489 imunizações foram registradas.

Os três pontos foram abertos, especialmente na quinta-feira (28) e sexta-feira (29), para dar mais celeridade ao plano municipal de vacinação contra a Covid-19. De acordo com a secretaria de saúde, o município aguarda agora a chegada de mais imunizantes para dar continuidade à vacinação dos profissionais da saúde e inserir novos grupos prioritários.

A Sesad esclarece ainda que tem seguido, rigorosamente, todas as normas técnicas do Ministério da Saúde e do Governo do Estado, bem como o Plano Municipal de Vacinação Contra a Covid-19, quanto a priorização e garantia da vacina contra a Covid-19 aos integrantes dos grupos prioritários.

Até o momento, o município de Parnamirim recebeu cerca de 6.300 doses destinadas a vacinação dos profissionais de saúde e os idosos institucionalizados.
A prefeitura já imunizou todos os profissionais de saúde que atuam na Rede Municipal de Saúde, quer seja na Rede de Urgência e Emergência,, Atenção Primária, quer seja na Rede Ambulatorial. Foram mais de 2 mil profissionais imunizados.

A Secretaria de Saúde também garantiu a vacinação para todos os idosos que se encontram em Instituições de Longa Permanência no município de Parnamirim.

Nesta quinta-feira e sexta-feira, após receber uma nova remessa de doses da vacina contra a Covid-19 destinada aos profissionais de saúde, a Secretaria Municipal ampliou o acesso aos profissionais de saúde da rede privada que estejam em atividade. Nesta fase, como preconiza o Ministério da Saúde, foram contemplados os trabalhadores dos serviços de saúde que atuem em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância em saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais, compreendendo as categorias de médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, biólogos, terapeutas ocupacionais, biomédicos, farmacêuticos, bioquímicos, odontólogos, fonoaudiólogos, assistentes sociais, psicólogo, profissionais de educação física e seus respectivos técnicos e auxiliares, além dos trabalhadores de apoio aos serviços de saúde como recepcionistas, seguranças, pessoal da higienização, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, bem como os funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados.

Para a vacinação, foi necessário a comprovação da vinculação ativa do trabalhador com o serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde.
Na próxima semana, tão logo o município receba novas doses da vacina contra a Covid-19, a Sesad dará início a vacinação dos idosos que encontram-se acamados, bem como dos que tem 75 anos ou mais de idade. 


Postado Por: Saulo Tarso de Castro
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+