Notícias Chegada da vacina é esperança para três gerações que venceram a Covid-19 - 11/02/2021

Três gerações que venceram a Covid-19. Esta é a história de Jecina Argemiro de Melo, de 104 anos, de dona Creuza Mariana do Nascimento, de 75 e de Ângela Maria do Nascimento, de 48. Avó, mãe e neta, três mulheres que trazem esperança em meio a tanto sofrimento causado pela pandemia do novo Coronavírus.

Recuperadas, as três comemoram a chegada da vacina, que está sendo aplicada por agentes de saúde do município de acordo com os grupos prioritários. Dona Jecina, que está inserida dentro do grupo dos idosos acamados acima dos 75 anos, foi a primeira da família a receber a primeira dose do imunizante. 

“É um verdadeiro milagre de Deus! Estamos muito felizes e gratas por estarmos vivas, podendo contar essa história para todos. Mais ainda pela chegada da vacina que representa um passo importante na luta contra uma doença que já interrompeu a vida de milhões de pessoas em todo o mundo”, relatou Ângela Maria, neta de dona Jecina. 

Residentes na mesma casa, a família se uniu e cumpriu o isolamento previsto em todos os protocolos relacionados à Covis-19. “As equipes de saúde do município nos ajudaram e ofereceu todo o suporte, entrando em contato com a gente todos os dias. Somos muito gratos pelo atendimento”, contou Ângela Maria.

Agora, a expectativa é para o dia que a vacina chegará para dona Creuza, filha de dona Jecina, que tem 75 anos. Ela está inserida no grupo dos idosos em geral, que não estão na condição de acamados. Ansiosa, ela recebeu todas as orientações necessárias das equipes de saúde para quando chegar o tão esperado dia.

Seguindo o cronograma do plano municipal de imunização, Ângela Maria a mais jovem entre as três, aguarda esperançosa a sua vez. “Entendo que nesse momento a prioridade deve ser nossos idosos. Nosso dever é cuidar deles com amor e proteção”, disse. 

Fotos: Eliana Félix


Postado Por: Saulo Tarso de Castro
Fotografia de: ASCOM

Compartilhe: Compartilhar Facebook Share on Google+